Campus de Gualtar recebe dádivas de sangue

O campus de Gualtar recebeu durante o dia de hoje as dádivas de sangue e de medula óssea com 440 dadores inscritos e 40 dadores de medula óssea. A iniciativa, que decorreu no Pavilhão Desportivo de Gualtar, partiu da Associação Académica da Universidade do Minho (AAUM) em cooperação com o Instituto Português do Sangue e Transplantação (IPST).

Comparativamente à última recolha, realizada em setembro, registou-se um grande aumento de doações, nomeadamente de medula óssea, que passou de 4 para 40. 

Marta Campos, Vice-Presidente do Departamento Social, afirma que “mais gente ficou sensibilizada com a causa”. No entanto, e devido à falta de recursos humanos e consequente formação de filas, “houve muita gente a desistir”, explica a responsável pela iniciativa.  

 

De relembrar que a mesma edição de dádivas de sangue realizada em Guimarães, que ocorreu na passada quarta-feira, dia 14, atingiu um número recorde de 268 dadores inscritos e 20 recolhas de sangue para análise de medula. 

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?