SC Braga/AAUM conquista vitória “arrancada a ferros”

O SC Braga/AAUM venceu na visita ao reduto do Burinhosa por 5-7, num jogo a contar para a 19ª jornada da Liga SportZone. Os bracarenses voltam a sorrir após os desaires frente ao Modicus, Sporting e Benfica.

O terreno do Burinhosa não tem sido “simpático” para os minhotos, que nunca venceram na “Aldeia do futsal” desde que os alcobacenses subiram ao escalão máximo do futsal nacional. Os pupilos de Paulo Tavares entraram com tudo nos minutos iniciais, procurando inaugurar o marcador. Ainda no primeiro minuto da partida, Bruno Cintra colocou o SC Braga/AAUM em vantagem. Os minhotos não estavam satisfeitos e, à passagem do minuto 4, André Machado fez o 0-2. A turma da casa, que ainda sonha com um lugar nos playoffs, assumiu as despesas do jogo e foi em busca do golo. Este acabaria por surgir no minuto 14, por intermédio de Nino.

O resultado ao intervalo colocava os minhotos em vantagem (1-2) e, no segundo tempo, voltaram a entrar melhor: Nilson estava no sítio certo para fazer o 1-3 aos 23 minutos. O Burinhosa não se deixou ficar e conseguiu chegar à igualdade. Os tentos de Bruno Pinto (26’) e Russo (27’) colocaram o marcador em 3-3. O SC Braga/AAUM, que queria pôr um fim à série de três resultados negativos, voltou a colocar-se em vantagem, desta feita por Marinho aos 29 minutos.

À passagem do minuto 30, Bruno Cintra foi expulso, assim como Paulo Tavares, treinador dos minhotos. As decisões da dupla de arbitragem geraram muita contestação no banco dos bracarenses e desestabilizaram a equipa na quadra. Nino, alheio a esta situação, restabeleceu a igualdade no marcador aos 31 minutos, mas, no mesmo minuto, Marinho bisou na partida e fez o 4-5.

Num jogo bastante emotivo, o Burinhosa foi, mais uma vez, capaz de alcançar a igualdade na partida, por intermédio de Nino. Os “Guerreiros do Minho” nunca desistiram da vitória e insistiram até ao apito final. André Machado, a 6 segundos do fim, fez o 5-6 e sentenciou a partida. Ainda houve tempo para mais um golo do capitão, no último segundo, estabelecendo o resultado final em 5-7.

 

Com esta vitória, os arsenalistas continuam no terceiro posto da tabela classificativa, em igualdade pontual com o Belenenses. Os lisboetas e os bracarenses defrontam-se no próximo sábado, no pavilhão Flávio de Sá Leite.

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?