SC Braga/AAUM empata final da Liga SportZone

Após a derrota no Multiusos de Odivelas, casa “emprestada” ao Sporting, o SC Braga/AAUM venceu ontem os “leões” por 5-4. À entrada para o terceiro jogo da final da Liga SportZone, a eliminatória encontra-se empatada (1-1).

No primeiro jogo da final da Liga SportZone, os minhotos entraram com o pé esquerdo e sofreram logo nos segundos iniciais. Pedro Cary rematou ao primeiro poste e Xot, infeliz, não conseguiu travar o remate do jogador do Sporting. Apesar do erro, o guardião arsenalista redimiu-se e salvou a equipa de Paulo Tavares inúmeras vezes no decorrer do primeiro tempo. Contudo, foi incapaz de travar o tento de Fortino, que fez o 2-0 aos 13 minutos. O terceiro golo dos lisboetas surgiu no primeiro minuto do segundo tempo, por intermédio de Diogo. O brasileiro combinou com Fortino e ampliou a vantagem para o conjunto local. Os “Gverreiros do Minho” não se renderam e conseguiram reduzir a desvantagem, por intermédio de Bruno Cintra. Apesar dos intentos bracarenses, o SC Braga/AAUM perdeu o primeiro jogo da final da Liga SportZone, por três bolas a uma.

No segundo jogo da final, desta vez num Pavilhão da Universidade do Minho completamente lotado, os minhotos apresentaram-se a um grande nível e, desde cedo, começaram a construir a vitória. Com apenas 11 segundos de jogo, Tiago Brito tabelou com Nilson e finalizou com classe, colocando o SC Braga/AAUM em vantagem. À passagem do minuto 7, Bruno Cintra ampliou a vantagem para a equipa da casa, após um contra-ataque rápido. O Sporting continuava a pressionar a turma bracarense e acabou por reduzir aos 13 minutos, com uma “bomba” de Merlim. Os “verde e brancos” continuavam a procurar a igualdade, mas os minhotos levaram a vantagem tangencial para as cabines.

No segundo tempo, a tendência manteve-se: o Sporting procurava o empate, enquanto que os bracarenses tentavam explorar as debilidades defensivas do adversário. Com apenas três minutos decorridos na segunda parte, os arsenalistas ampliaram a vantagem. O capitão André Machado estava no sítio certo para fazer o terceiro golo do SC Braga/AAUM. Contudo, o Sporting conseguiu chegar à igualdade: Merlim, com uma dose de fortuna, fez o 3-2 a dez minutos do fim e, três minutos depois, Dieguinho, completamente isolado à boca da baliza, marcou com um remate de calcanhar. Quando toda a gente esperava o prolongamento, Nilson pressionou o guarda-redes leonino, roubou-lhe o esférico e voltou a colocar os minhotos em vantagem aos 36 minutos. Nuno Dias reagiu imediatamente, implementando o 5x4. Contudo, Tiago Brito aproveitou a displicência dos homens de Alvalade e fechou as contas da partida. Cary ainda reduziu para o Sporting, mas os “Gverreiros do Minho” conquistaram uma vitória importantíssima na luta pelo título de campeão nacional.

Com a eliminatória empatada, os bracarenses deslocam-se a Lisboa no próximo sábado, para o terceiro jogo da final da Liga SportZone.

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?