Enterro da Gata '17 | Domingo, 14 de maio

Na segunda noite do Enterro da Gata, os estudantes voltaram ao recinto para uma noite cheia de boa música portuguesa. As portas do recinto abriram-se às 23:30 e, logo após, a Tun'Obebes (Tuna Feminina de Engenharia da Universidade do Minho) atuou para os primeiros estudantes que chegavam. De seguida, a Tuna Universitária do Minho encheu o palco com a sua irreverência do costume, extravasando os limites do mesmo e interagindo com o público num "comboio" que percorreu toda a zona destinada aos concertos, envolvendo o público numa animação contagiante.

A poucos minutos da 1 da manhã, os Quatro e Meia subiram a palco. Mesmo com o recinto ainda a encher, os cinco rapazes de Coimbra puseram toda a gente a dançar durante uma hora. A cover de “Amar pelos dois”, de Salvador e Luísa Sobral, e “Lambreta”, de António Zambujo, foram algumas das músicas onde mais aplausos se ouviram.

Mais tarde, Miguel Araújo entrou para uma atuação que encheu todo o recinto. A música “Reader’s Digest” colocou toda a gente a dançar e, a pedido do público, a música “Balada Astral” iluminou todo o Gatódromo com as lanternas dos telemóveis do público. A terminar, o Gatódromo cantou em uníssono “Anda comigo ver os aviões”, tema d’Os Azeitonas, que Miguel Araújo trouxe para o Gatódromo. Um momento arrepiante! Para Eduardo Miranda, aluno do 3.º ano de Ciências da Comunicação, “o concerto provou toda a genuinidade e autenticidade do Miguel Araújo”.

A noite de hoje traz “Sete Pedras na Mão” e “Capitão Fausto” ao palco do Gatódromo, naquela que é a terceira noite das Monumentais Festas do Enterro da Gata ’17.

 

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?