Enterro da Gata '17 | Imposição de Insígnias e Missa de Finalistas

O fim-de-semana 13 e 14 de maio marcou mais um início da semana académica da Universidade do Minho, mas foi no sábado, dia 13, que os finalistas da academia minhota tiveram um dia inteiramente dedicado a eles, com a cerimónia da imposição das Insígnias e a Bênção de Finalistas.

Com o velório da Gata e as já tradicionais Serenatas no Largo do Paço, na sexta-feira, 12 de maio, a marcar o início das festividades, foi o dia de sábado, o mais aguardado pelos finalistas, sendo que este foi o dia mais especial para eles, pois terminaram mais uma fase importante das suas vidas.

A entrada das instalações onde decorreram as imposições das insígnias, quer em Braga quer em Azurém, logo desde cedo, começaram a encher, com os primeiros finalistas a chegar ainda o relógio marcava oito horas. Junto com os estudantes, chegavam também familiares e amigos que fizeram questão de estar presentes no grande momento da colocação do tricórnio. É um momento que provoca um misto de emoções, um turbilhão de sentimentos, pois se por um lado se sentiam felizes e realizados por terem acabado o curso, por outro lado, surgia já a saudade, a nostalgia, a tristeza e até algumas lágrimas pelo meio. Para além dos finalistas, também os pais se sentiam orgulhosos, pois viam os seus filhos a ultrapassarem uma meta importante para eles.

A cerimónia da imposição começou com a atuação de Coro Académico da Universidade do Minho, que juntamente com os finalistas, cantaram o Hino da Universidade, na abertura da cerimónia.

Findo esse momento, foi a vez do magnífico reitor professor doutor António Cunha dar as boas vindas aos finalistas e familiares ali presentes, começando por parabenizar os finalistas pelo termino do curso, transmitindo-lhes um sentimento de força e esperança para esta nova etapa das suas vidas.

António Cunha fez ainda um voto de louvor pelo esforço e dedicação aos finalistas, alertando ainda para os desafios que se avizinham e que nesta nova etapa, todos os conhecimentos adquiridos ao longo dos anos de estudo, iriam agora ser utilizados e fazer deles um ponto de referência no mercado de trabalho.

Acabada a cerimónia da Imposição das Insígnias, seguiu-se, já na parte da tarde, no parque da Ponte, pelas 16h30, a Bênção de Finalistas, presidida pelo padre Eduardo Duque, da Pastoral Universitária, que começou por referir, pela vez do arcebispo primaz de Braga, Dom Jorge Ortiga, o empenho e dedicação dos alunos ao longo do curso. Por sua vez, o padre Eduardo Duque lembrou a condição humana, o caminho e a luta que estes jovens finalistas vão enfrentar nesta nova etapa das suas vidas.

Terminada a cerimónia, os alunos regressaram às suas casas, preparando-se para a primeira noite das Monumentais Festas do Enterro da Gata’17, com o DJ Lost Frequencies, como cabeça de cartaz.

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?