Enterro da Gata '17 | Terça, 16 de maio

A euforia nas Monumentais Festas do Enterro da Gata continua! Ontem, foi a vez de Virgul e HMB subirem ao palco e animarem o Gatódromo. A noite foi recheada de tradição, aplausos e dança e a energia dos artistas em palco contagiou todo o público.

Na noite de ontem, foi a vez da Augustuna e da Literatuna - Tuna de Letras da Universidade do Minho, abrirem as festividades e mostraram o espírito académico e a animação que as caracteriza, contagiando o público e deixando todos os presentes a "bater o pé".

Quando Virgul subiu ao palco, já havia um grande público à sua espera, trazendo um verdadeiro espetáculo audiovisual, que incluiu efeitos luminosos e visuais. Numa atuação sólida, Virgul apresentou alguns dos seus sucessos, como a “I Need This Girl” e “Só Eu sei”, tendo também a oportunidade de deixar todo o público em êxtase quando cantou singles que todos conhecem, como “Retratamento”. Com um público verdadeiramente conhecedor das músicas, Virgul deixou todo o recinto a vibrar e a cantar as suas músicas.

O palco fechou com a com a atuação dos HMB, que surpreenderam pela sua sincronização e capacidade de mobilizar o público. Com coreografias bem preparadas, a banda não deixou ninguém parado e fez-se acompanhar pela maior parte do público, fazendo questão de ensinar aqueles que não se sentiam tanto à vontade para acompanhar o grupo. Carla e Hugo, estudantes de Engenharia Biomédica, não quiseram perder o concerto da banda pop portuguesa e confessaram que a presença em palco dos HMB é diferente de qualquer outra, muito pelo entusiasmo e carisma de Héber Marques.

Apesar de todo a animação que reinou no palco, a noite não acabou com os concertos, servindo estes como aquecimento para o decorrer da madrugada. Terminadas as atuações das bandas, a festa continuou nas tradicionais barraquinhas e na Tenda RUM e Tenda Eletrónica, que os estudantes já se habituaram a encher aquando o fim dos concertos.

 

Hoje, o Gatódromo recebe o espírito contagiante de Kalhambeke e Quim Barreiros, precedidos pelo Coro Académico da Universidade do Minho e da Tuna de Medicina da Universidade do Minho.

 

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?