Entrevista da Rádio AntenaMinho/Correio do Minho a Bruno Alcaide: os destaques

Arquivo: Nuno Gonçalves

Arquivo: Nuno Gonçalves

Bruno Alcaide, presidente da Associação Académica da Universidade do Minho, em entrevista à Rádio AntenaMinho/Jornal Correio do Minho:

Subfinanciamento do ensino superior:

- "Existe a perspetiva de um reforço de financiamento, mas a unica coisa que se conseguiu foi um aumento da verba de 20 milhões de euros para o sistema de Acção Social".

Passagem da UMinho a regime jurídico de Fundação:

- "Vem capacitar a Universidade do Minho de instrumentos para melhor gerir o seu património e ter maior autonomia de gestão dos seus recursos".

Fundo Social de Emergência (FSE) na UMinho:

- "O fundo tem aumentado os apoios aos alunos, o que significa que a realidade enquadrada pelo sistema nacional de Acção Social não é satisfatória".

Bolsas de estudo na UMinho:

- "Houve um aumento do número de bolseiros (...) mas o valor da bolsa média atribuída tem vindo a reduzir".

Congelamento de propinas:

- "O que existe é o congelamento dos valores da propina máxima e mínima, o que não afeta a realidade da Universidade do Minho, que não pratica a propina máxima. Esta questão só estará em discussão no Conselho Geral do final do mês de maio, início de junho".

Nova sede da AAUM:

- "Estando o projeto da AAUM há muito tempo na gaveta, se não conhecer um avanço rapidamente, vai acabar por se atrasar até 2017.

Orçamento participativo:

- "Vem trazer maior liberdade para que grupos de estudantes possam desenvolver projetos e conhecer o processo de trabalho que a AAUM tem implementado (...) é para ser lançado no início do ano letivo, no mês de outubro, para ser apresentado a todos os alunos".

Entrevista em vídeo na íntegra AQUI.

 

 

 

 

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?