“Estafeta da Amizade” une Braga e Guimarães a 29 de maio

A “Estafeta da Amizade”, evento desportivo que tem por objetivo promover a coesão territorial e a igualdade de género, vai unir Braga e Guimarães, duas das cidades mais jovens da Europa, através de uma corrida de estafeta num percurso de 20 quilómetros que condicionará o trânsito na Estrada Nacional 101 na manhã do dia 29 de maio e cuja totalidade do valor das inscrições irá reverter a favor da CerciGui e da CerciBraga.

A iniciativa, com início às 10 horas, parte do Estádio 1º de maio e terá zonas de transmissão de testemunho em Trandeiras, Portela/Morreira e na vila de Ponte, terminando no centro de Guimarães na Alameda Dr. Alfredo Pimenta. Num formato de estafeta, cada equipa será constituída por quatro elementos, dois do sexo masculino e dois do feminino, onde cada membro irá fazer um percurso de cinco quilómetros em cada uma das etapas mencionadas.

Por se tratar de uma prova fora do comum e que obriga a uma grande logística, uma vez que a organização irá assegurar o transporte dos atletas desde o ponto de partida até cada ponto intermédio e desde a meta até ao ponto de partida, a participação está limitada a 500 equipas, o que representa um total de 2 mil atletas.

Presidente do Município de Guimarães lançou desafio

«Este evento, com fins solidários, será um bom exemplo de convivialidade, de fair-play desportivo e de promoção de um território bom para se viver. O melhor exemplo de união é a Universidade do Minho!», referiu Domingos Bragança, Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, que propôs o desafio de criar, no futuro, um percurso pedonal e ciclável entre as duas cidades, ideia aceite por Ricardo Rio, que disse tratar-se de um projeto «extremamente interessante e que merece uma reflexão e um estudo mais aprofundado».

Esta estafeta é da iniciativa dos dois Municípios e da Associação Académica da Universidade do Minho. As atletas Dulce Félix e Jéssica Augusto são as duas embaixadoras da prova e farão equipa com o Vice-Presidente da Câmara de Guimarães, Amadeu Portilha, e com o Presidente do Município de Braga, Ricardo Rio. As inscrições têm um custo de 10 euros por equipa (2,5 euros por atleta) e poderão ser efetuadas online através do site <www.estafetadaamizade.pt>.

O vereador da Autarquia de Guimarães com competências delegadas na área do Desporto enalteceu a «festa do desporto que será feita entre duas das cidades mais vibrantes de Portugal» e que, por essa razão, vai atrair muito público à estrada nacional, enquanto Sameiro Araújo, responsável pelo mesmo departamento no Município de Braga, considerou que o evento «reforçará a vertente da amizade e solidariedade» entre as duas cidades. Bruno Alcaide, Presidente da Associação Académica da Universidade do Minho, valorizou a «missão social» do certame e Rui Leite e Vera Vaz, Presidentes da CerciGui e CerciBraga, respetivamente, afirmaram que «a cooperação permite sempre alcançar objetivos».

 

Texto e foto: CM Guimarães

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?