Gata na Praia'17 | Domingo, 9

No primeiro dia de atividades, a Gata encheu a Praia Dona Ana, em Lagos, com danças, jogos e atividades desportivas.

Os participantes começaram a chegar à praia por volta das 14 horas e foram estendendo a sua toalha perto do palco. Palco esse que, logo após as acreditações das equipas, começou a animar as hostes e a chamar toda a gente para dar início ao já famoso “warm-up”. Depois de várias danças e já com os músculos a postos, as equipas foram distribuídas pelos quatro campos de voleibol montados na Praia Dona Ana. Com um esquema de eliminação direta, cada equipa lutava pela vitória até ao último fôlego.

Enquanto os jogos se desenrolavam, as equipas que se encontravam a assistir foram entrando nos jogos paralelos: num deles, os participantes teriam de fazer rebentar um balão; no outro, teriam de rodar à volta de um ponto fixo e voltar (já um pouco... confusos) para junto da sua equipa. Os jogos de voleibol foram-se prolongando até ao final da tarde, altura em que as equipas se começaram a dirigir para os seus quartos, a fim de repousarem e se preparem para a noite temática que se avizinhava: a “Costume Party”. 

Na segunda noite da Gata na Praia, o “Nox Club” voltou a acolher a academia minhota. Depois do primeiro dia de atividades, em que os participantes puderam testar as suas aptidões no voleibol, a noite era de disfarces e mascaras. O Nox Club foi, mais uma vez, a casa anfitriã da noite, e a Gata mostrou que consegue retribuir o gesto. Com uma casa repleta de disfarçados, o DJ Luis Martinho animou as hostes de uma multidão que ainda tinha cartas para dar, depois de um dia repleto de animação na praia. A noite só terminaria por volta das 6h da manha, e os resistentes não arredaram pé da pista ate ao fim.

Mídia

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?