Semana da Euforia invade UMinho

No Minho cumprem-se tradições e, terminada a Euforia, podemos  declarar oficialmente aberto o segundo semestre. Agora, a este icónico evento somam-se quatro dias de histórias para contar.

As festividades iniciaram-se no dia 13, tendo a Academia marcado presença no Bar Académico de Braga n’O Barco do Amor, uma festa da organização da OPUM DEI e no Bar Académico de Guimarães na noite eletrónica. Apesar de ser segunda-feira, os estudantes minhotos fizeram-se notar e mostraram, nas duas cidades, que estão prontos para qualquer que seja o dia do evento.

Independentemente das horas da madrugada a que a primeira noite terminara, no segundo dia, os participantes do Rally das Tascas estavam aptos para as respetivas competições, tanto pelas ruas de Braga como pelas de Guimarães. Este foi um evento que, como já é habitual, prolongou-se até ao final do dia ou, e como se trata da Semana da Euforia, até ao início da noite.  Já ao anoitecer, Azurém foi presentado com a já tradicional Noite Erótica, tradição essa justificada pelo mar de gente que ao longo dos anos se junta para assistir ao espetáculo. Em Gualtar, a festa complementou-se em dois pontos: primeiro, na Festa do Semina, um evento da organização da Augustuna, iPum e Tun’ao Minho e, de seguida no B.A. de Braga, com a Noite Rock’n’Roll.

Apesar da demonstração da sua euforia, o auge máximo dos estudantes minhotos deu-se na quarta-feira académica, sendo que as mais diversas festas estavam visivelmente eufóricas. Em Braga, os estudantes tiveram a oportunidade de assistir ao ARCUM da Belha, o arraial organizado pela Associação Recreativa e Cultural Universitária do Minho (ARCUM), que contou com a atuação de quatro dos seus grupos integrantes. Além disso, também os Bares Académicos das cidades da Universidade do Minho foram de novo palcos da euforia estudantil, celebrando-se no B.A. de Braga a “Traffic Light Party” e em Guimarães a "B.A Casa da Academia". Para aqueles que viveram a noite em Braga, esta foi realmente uma noite mágica. Já em Guimarães, o Bar Académico foi, efetivamente, a casa da academia.

Não obstante à participação em massa na noite de quarta-feira por parte dos académicos, na quinta-feira, dia 16, o B.A. de Braga, juntamente com o Stephane Bar, fez, com sucesso, com que a semana fosse finalizada dignamente, incluindo os estudantes de Erasmus na celebração desta Semana. Em Guimarães, marcava-se o final da Semana da Euforia com a Noite Rock.

No fim, o ambiente não poderia ter sido mais festivo. De olhos no futuro e a julgar pela semana que passou, não existem razões para não acreditar que este será um semestre prometedor.

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?