Marcha Europeia pelos Direitos das Pessoas Refugiadas esta tarde em Braga

Braga recebe, esta tarde, a Marcha Europeia pelos Direitos das Pessoas Refugiadas. O encontro está marcado para as 15 horas, na Praça da República (Avenida Central, junto ao chafariz). Braga junta-se assim à lista de mais de 100 cidades de 23 países que acolhem a iniciativa que vai juntar milhares de pessoas um pouco por toda a Europa. 

Baseada num compromisso com a defesa dos direitos humanos das pessoas refugiadas, esta iniciativa visa, entre outros objetivos, exigir aos Estados Europeus a criação de rotas seguras, a não confiscação de bens, a criação de pontes aéreas, a concessão de vistos humanitários, a reunificação de famílias e o não encerramento das fronteiras.

A plataforma local criada para promover a Marcha em Braga integra cidadãos a título individual e organizações de direitos humanos, como a Amnistia Internacional (núcleo de Braga), o Braga Fora do Armário, a Civitas e a União de Mulheres Alternativa e Resposta (núcleo de Braga), que se juntam no sentido de alertar para a necessidade de se assumir compromissos sérios que ofereçam respostas céleres e garantam a protecção dos direitos humanos dos 15.1 milhões de pessoas refugiadas no mundo (números de 2015). 

Lê o manifesto em anexo. Junta-te à causa! 

Sabe mais AQUI

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?