Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 982

Mundial de Karaté envolveu meio milhar de pessoas de todo o mundo

A prova decorreu de 10 a 13 de agosto em Braga e contou com mais de 500 pessoas dos quatro cantos do mundo. O Egito foi a delegação mais medalhada da 10.ª edição do Mundial de Karaté Universitário. Portugal conseguiu alcançar um pódio.

Com um total de 35 delegações presentes, a décima edição da prova ficou marcada por ser a primeira depois da elevação do Karaté a modalidade olímpica, algo que vai acontecer nos 'Jogos' de 2020, em Tóquio. 

Quanto à seleção nacional, a única medalha conquistada foi na prova feminina coletiva de Kata. No total, forma entregues 64 medalhas, tendo o Egito sido a formação mais premiada no pódio, com um total de 13 medalhas.

Após a entrega das medalhas, a cerimónia culminou com o ritual protocolar da FISU, com a passagem da bandeira da FISU ao próximo país a receber este Campeonato Mundial Universitário, que decorrerá em 2018 na cidade de Kobe, no Japão. O evento foi uma organização atribuída pela Federação Internacional do Desporto Universitário (FISU) à Federação Académica do Desporto Universitário (FADU) em parceria com a Universidade do Minho (UMinho) e com a Associação Académica da Universidade do Minho (AAUM).

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?