Onda de solidariedade nas Dádivas de Sangue de Azurém. Obrigado academia!

O Campus da Universidade do Minho em Azurém recebeu, esta terça-feira, a primeira Dádiva de Sangue do ano letivo, tendo sido alcançadas as 133 dadores inscritos e 5 Recolhas de Sangue para Análise de Medula, números que demonstram a solidariedade no seio da comunidade académica.

Pela primeira vez na fila para fazer a sua dádiva estava Joana Araújo, “incentivada por amigos e familiares”. Joana realçou a importância destas ações no meio universitário: “Somos jovens e por isso devemos fazê-lo se estivermos aptos, mas às vezes não é fácil quando temos de nos deslocar a um hospital para o fazer. Se estas ações vierem ter connosco é mais fácil, somos mais facilmente sensibilizados a participar”, referiu.

Este ano, a decorrer num espaço diferente (onde estava situada a biblioteca), embora num local mais discreto, a comunidade académica não faltou à chamada. Houve ainda uma novidade e os novos dadores recebiam para além de uma t’shirt, um diploma que atestava a sua primeira vez como dador de sangue. Os que já não eram incipientes recebiam uma t’shirt mas com a mensagem “a minha vida é bela”. 

Para Inês Oliveira, do curso de Engenharia e Gestão Industrial, “dar sangue foi algo que sempre quis fazer”. Ser solidário, para a estudante, “não custa nada, ainda mais decorre no campus e só precisamos de despender uns minutinhos para ajudar os outros. É uma atitude que todos devíamos ter, pelo menos tentar” disse. 

Também Stefan Simões, de Arquitetura, realçou a importância desta ação na UMinho: “Sou um bom exemplo de que se não existissem estas ações na nossa Universidade talvez eu nunca tivesse dado sangue e talvez nunca viesse a ser dador”. O estudante iniciou-se como dador na Universidade, garantindo que gosta de contribuir. “Faz-me sentir bem comigo próprio “afirmou.  

O movimento ativo dos dadores prolongou-se por todo dia, até ao fecho, já passava das 19h00 garantindo o sucesso de mais esta ação de solidariedade na UMinho.

A iniciativa, paralela ao acolhimento aos novos alunos, repete-se no próximo dia 27 (3.ª feira), no Campus de Gualtar.

 

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?