Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 976

Theatro Circo volta a receber o 1.º de Dezembro

A Associação Académica da Universidade do Minho volta a reavivar a tradição do 1.º de Dezembro. Dois anos depois, o Theatro Circo volta a ser palco da récita em homenagem aos heróis nacionais de 1640, num espetáculo que simboliza a restauração da independência de Portugal após 60 anos de domínio filipino. É já no próximo dia 30 de novembro, pelas 21h00!

O evento conta com a atuação dos grupos culturais da Universidade do Minho, a saber: Afonsina, Azeituna, Augustuna, Gatuna, Bomboémia, Jogralhos, iPum, Grupo de Fados e Serenatas da Universidade do Minho, Coro Académico da Universidade do Minho (CAUM), Grupo de Poesia da UMinho (GPUM), Grupo de Música Popular da UMinho (GMPUM), Grupo Folclórico da UMinho (GFUM), OPUM DEI, Teatro Universitário do Minho, Literatuna, Tun’ao Minho, Tuna Universitária do Minho, Tuna de Medicina da Universidade do Minho (TMUM) e Tun’ Obebes.

Os bilhetes estão disponíveis nos Gabinetes de Apoio ao Aluno (Gualtar e Azurém), na Sede da Associação Académica de Braga e Guimarães, no Theatro Circo, Bilheteira Online (BOL) e locais habituais. O custo é de três euros.

1.º DE DEZEMBRO – UM POUCO DE HISTÓRIA

O 1º de Dezembro é o símbolo da Independência de Portugal, em 1640, após 60 anos de domínio Filipino. Reza a história que os estudantes do Colégio de S. Paulo, em Braga, foram os primeiros a dar as boas vindas ao Rei D. João IV, saindo à rua com o intuito de celebrar a restauração da Independência. Deu-se, então, início a uma tradição que ainda hoje se mantém viva. A Récita 1.º de Dezembro, que a AAUM organiza anualmente, é por isso, uma homenagem à honra dos heróis de 1640. 

 

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?