Ação Social

MinhoCovid19 vence Prémio Santander UNI.COVID-19

MinhoCovid19 vence Prémio Santander UNI.COVID-19

O MinhoCovid19, projeto criado em março pela Associação Académica da Universidade do Minho (AAUMinho) juntamente com a Câmara Municipal de Guimarães, a PNECommerce e diversas empresas minhotas, venceu o Prémio Santander UNI.COVID-19, promovido pelo Banco Santander Totta, em virtude da situação de emergência da recente pandemia. O projeto nasceu da necessidade de ligar as pessoas interessadas em colaborar de diferentes formas a várias instituições, unidades hospitalares e centros de dia que continuam a precisar de receber auxílio.

Através da distribuição de materiais de proteção individual e da angariação de donativos a partir do website, o MinhoCovid19 destaca-se por ser o ponto de contacto entre empresas, particulares e ONG’s. As contribuições sob a forma de donativo variam entre dois géneros distintos: a nível financeiro ou através de materiais de apoio, onde todo o valor doado será destinado à compra de matérias-primas e às despesas de deslocação para entrega de materiais.

Neste momento, o projeto já contribuiu para a entrega de 13.622 materiais de proteção individual (7427 viseiras, 5100 luvas, 420 manguitos, 325 fatos, 200 perneiras e 150 máscaras) a 48 instituições, números que demonstram a eficiência desta iniciativa. Como prémio, o MinhoCovid19 recebeu 2000 €, dinheiro esse que será utilizado para auxiliar outras instituições neste período que se avizinha depois da COVID-19.

O MinhoCovid19 desenvolveu também um novo website mais fácil de navegar e intuitivo no que diz respeito a pedidos de ajuda e doações devido à grande afluência e à crescente necessidade de monitorizar os pedidos a uma escala real. Desta forma, é possível consultar toda a informação sobre o impacto e evolução diária. A longo prazo, o projeto ambiciona colaborar como fonte de apoio à cultura e educação.