Desporto

Equipa Masculina avança para as meias-finais do EUC Futsal 2019

Equipa Masculina avança para as meias-finais do EUC Futsal 2019

No sexto dia do European Universities Futsal Championship (EUC) 2019, a equipa masculina da Associação Académica da Universidade do Minho (AAUM) defrontou a Tbilisi State University, tendo saído derrotada por 1-0. Depois do segundo lugar alcançado nos Jogos Europeus Universitários, os minhotos queriam assegurar um lugar nas meias-finais e continuar o percurso sem nenhuma derrota. Destaque para Luís Mendes, que apontou o único golo da academia minhota.

Os Gverreiros do Minho entraram confiantes e determinados a conquistar a vitória frente aos georgianos, que complicaram a tarefa do primeiro ao último minuto da partida. O Complexo Desportivo da Universidade do Minho encheu para ver o jogo que decidia quem iria seguir em frente na competição. Depois de uma distração dos anfitriões, a turma visitante conseguiu inaugurar o marcador logo ao minuto três. Vasco Ribeiro ainda se esticou dentro dos postes, mas não conseguiu evitar o pior.

Através de diversos remates de longa distância, João Abreu e Alexandre Ribeiro testaram a concentração do guarda-redes adversário, que mostrou estar atento através de duas intervenções de alto nível. Com o marcador a assinalar um resultado desfavorável, o conjunto minhoto aumentou a intensidade com o objetivo de repor a igualdade. No entanto, a formação da Geórgia manteve-se persistente na defesa, indo para o intervalo a vencer pela margem mínima (1-0).

Na etapa complementar do encontro, a formação minhota tentou mudar o rumo à partida e encostou os visitantes às cordas. Num dia em que a bola parecia não querer entrar, a equipa da casa continuou a insistir, mas sem resultados práticos. À medida que o relógio andava e a jogar em inferioridade numérica devido à tática do guarda-redes avançado adotada pelos visitados, a turma que viajou de Geórgia foi tendo mais dificuldade em parar o ataque contrário. De salientar o guarda-redes adversário, que parou todas as investidas dos minhotos.

Já perto do final da partida, João Abreu iniciou a jogada com um gesto técnico de grande performance, que acabou no fundo da baliza georgiana. Luís Mendes estava no sítio certo à hora cera e fez o tão esperado golo. A Tbilisi State University ainda tentou recuperar a vantagem, mas os minhotos conseguiram travar todas as jogadas da equipa da Geórgia. O jogo terminou com o marcador a assinalar o resultado de 1-1.

A partida ficou decidida nas grandes penalidades. João Abreu foi o primeiro a ser chamado ao castigo máximo, não conseguindo ultrapassar a muralha adversária. No entanto, Vasco Ribeiro deu novamente esperanças à AAUM, quando conseguiu travar a resposta georgiana. Na segunda oportunidade dos minhotos se adiantarem no marcador, Alexandre Ribeiro não perdoou e meteu a bola dentro da baliza. Depois do golo, o capitão dirigiu-se até perto do irmão Vasco Ribeiro, dando-lhe confiança para defender a próxima grande penalidade.

O jogador da Geórgia conseguiu converter o penalty, passando perto do guarda-redes minhoto. O autor do golo do Minho durante o tempo regulamentar também foi chamado à marca dos seis metros. Luís Mendes não vacilou, metendo a pressão no lado dos visitantes. No último penalty, o guarda-redes georgiano acertou na trave, levando à festa minhota no Complexo Desportivo. Com este resultado, a AAUM segue em frente na competição e tem pelo caminho a Karazin Kharkiv National University. A meia-final masculina realiza-se amanhã, às 18h, no Complexo Desportivo da Universidade do Minho. Amanhã é um dia de decisões para a AAUM. A equipa feminina espera o apoio de todos para difícil teste frente à University of Zagreb, às 12h, no Altice Fórum Braga.