Eventos

Euforia na Academia. Mais uma semana de animação

Euforia na Academia. Mais uma semana de animação

A Semana da Euforia terminou na passada quinta-feira, mas ficará na mente dos estudantes da Academia Minhota como mais uma semana de diversão. 4 noites que animaram as cidades de Braga e Guimarães e que marcam o início do segundo semestre.

As festas no Bar Académico marcaram o início da semana. Em Braga, o BA recebeu a ordem profética da Academia com a Glory Dei, mais um evento que de religioso só teve o nome e as vestimentas dos nossos profetas. Em Guimarães, realizou-se a Euphoric Monday que trouxe vida e música à primeira noite da semana.

Segundo Rafaela Silva, vice-presidente do Departamento Recreativo da Associação Académica da Universidade do Minho, “incluir atividades dos núcleos foi uma mais valia, (…) em Guimarães o ”BArbecue” teve muita gente, o que fez com que a festa que aconteceu a seguir, no Bar Académico, tivesse mais adesão que nos anos anteriores.”

A terça-feira foi marcada pelo tradicional Rally das Tascas que este ano, ao contrário do habitual, se realizou à noite. As equipas percorreram os bares da Universidade de copos na mão e gargalhadas. A noite em Braga ficou ainda marcada pelos sons favoritos dos estudantes: as guitarras e vozes das tunas. Neste dia atuaram a Literatuna e a IPUM, que organizara o IV BEBUM. “É sempre giro ver as tunas a atuar”, afirma Erica Marques, estudante de Criminologia, para quem este foi o seu evento favorito da semana.

A quarta académica foi palco do Arraial ARCUM DA BELHA, organizado pela Associação Recreativa e Cultural da Universidade do Minho (ARCUM), Em Braga. Em Guimarães a Afonsina Brick Party, organizada pela Afonsina, pela Comissão de Festas de Engenharia Mecânica 18/19 e pela Comissão de Festas LEAP animou a terceira noite da Semana da Euforia 2019. Os bares académicos de Braga e Guimarães coloriram a noite eufórica de branco, para mais uma noite branca.

A semana despediu-se dos estudantes com mais uma festa nos bares académicos das duas cidades minhotas, a “Valentine’s Hangover”.

Segundo Rafaela Silva, a edição pretendia “incluir mais a comunidade na sua organização. Para isso, falamos com núcleos e grupos culturais que nos auxiliaram nessa tarefa, organizando atividades como, por exemplo, o “Churrasco Nuclear” ou ”BArbecue”, organizados por núcleos de estudantes. Já os grupos culturais tiveram a oportunidade de organizar a “GLORY DEI”, “IV Beb’UM”, “ARCUM da Belha” e “Afonsina Brick Party”.”

De um modo geral, a semana correu bem e a adesão tem vindo a aumentar de ano para ano. Segundo Rafaela Silva, o feedback da semana é positivo e verificaram-se também mais inscrições no Rally, comparativamente ao ano passado: “Este ano atingimos o limite máximo de inscrições que tínhamos estipulado.”

Mais uma vez, o dia com mais sucesso foi a Quarta Académica.  “A quarta-feira é já o dia em que os estudantes, preferencialmente, estão dispostos a sair, organizam jantares e convívios, tudo isso resultou numa boa noite de Euforia”, conta Rafaela Silva. A responsável pelo Departamento Recreativo  afirma ainda que algumas atividades têm grande potencial para se repetir no próximo ano. “Fica a sugestão de tentarem  integrar ainda mais a comunidade, incluindo na programação as comissões de festas”, afirma a vice-presidente.