Eventos

Receção ao Caloiro'18: Entrevista Throes + The Shine - "Esta noite foi ‘drena’"

Receção ao Caloiro'18: Entrevista Throes + The Shine - "Esta noite foi ‘drena’"

Na terceira noite da semana mais esperada pelos caloiros da academia minhota, os Throes + The Shine encheram de energia o Multiusos de Guimarães. Depois do concerto, o trio esteve à conversa connosco.

Que sentimento tiveram neste palco?
Foi um concerto divertido. Tivemos de puxar pelo público, mas é para isso que nós estamos aqui. No final sentimos que as pessoas se divertiram connosco e isso é o mais importante. E nós os três divertimo-nos.

Como surgiu o projeto dos Throes + The Shine?
O projeto já surgiu há alguns anos, nós já temos sete anos de existência. O projeto numa noite do Porto, no Plano B, quando nos cruzamos com os primeiros dois vocalistas. Aos poucos o grupo foi mudando, mas já estamos a tocar como trio há mais de um ano. No primeiro trimestre de 2019 vai sair o nosso álbum. Entretanto sai um single. Num futuro mais longo, queremos espalhar a nossa mensagem pelo mundo fora. Queremos passar para outros continentes, pois temos tocado mais fora do que em Portugal.

Qual a diferença entre os grandes palcos e estes de festas universitárias?
Para nós é interessante, visto que estamos habituados a tocar em festivais que são mais dedicados à seleção música. Aqui é mais interessante pois estamos a tentar chegar a jovens que não estão habituados a ouvir isto. Tentamos conseguir a mesma adesão que temos noutros palcos.

Que mensagem deixariam para os novos estudantes da Academia Minhota?
Nós já estamos aqui nos 30, mas já fomos os três caloiros. Foram anos bem passados. Têm de estudar, mas têm também que se divertir. No primeiro ano curtam bué e gastem o dinheiro dos pais. Esta noite foi ‘drena’ (adrenalina).