Região

Guimarães candidata-se a Capital Verde Europeia 2020

Guimarães candidata-se a Capital Verde Europeia 2020

A cidade de Guimarães apresentou-se como candidata finalista a Capital Verde Europeia 2020 esta terça-feira, de manhã, na Escola de Arquitetura da Universidade do Minho, no Campus de Azurém. A cidade-berço está num leque de 13 cidades finalistas.

O Pró-Reitor de Qualidade de Vida e Infraestruturas, Paulo Cruz, deu o mote de abertura para a sessão. Seguiu-se o Presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança, que fez um pedido à Associação de Estudantes, nomeadamente a Nuno Reis: “Espero ter aqui, não 100 ou 200 estudantes, mas sim 400 ou 500, para discutir os problemas ambientais e de sustentabilidade”.

A professora convidada e membro da comissão executiva desta candidatura, Isabel Loureiro, fez a apresentação, primeiramente de Guimarães como cidade diversificada e, depois, como candidata finalista a esta ação europeia.

O plano de ação foi projetado durante 2015 e 2016. A apresentação foi enviada a 25 de setembro de 2017. Durante este ano, será revelada uma lista de três candidatas com a melhor classificação e que terão que apresentar, perante um júri, o plano de ação e estratégia de comunicação. A vencedora é escolhida em junho.