Dádivas de Sangue atingem segundo melhor resultado de sempre em Gualtar

Segundo melhor resultado de sempre na atividade recoloca UMinho na liderança nacional de dadores de sangue.

Um total de 561 dadores de sangue inscritos e 32 recolhas de sangue para análise de medula fizeram das Dádivas de Sangue 2016 em Gualtar o segundo melhor resultado de sempre nas colheitas na Universidade do Minho. A iniciativa realizou-se esta terça-feira, no Pavilhão Desportivo Universitário.

A iniciativa aproximou-se dos números do atual recorde, data de 2008, quando a campanha atingiu os 595 dadores inscritos. No total das Dádivas de Sangue realizadas esta terça-feira em Gualtar e na semana passada, em Azurém, a Universidade do Minho registou um total de 758 dadores inscritos e 38 recolhas de sangue para análise de medula.

Com estes resultados, a Universidade do Minho assume novamente a posição de líder no Ranking Nacional de Dadores de Sangue inscritos em Instituições do Ensino Superior. 

 

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?