Receção ao Caloiro’18: Serenatas Velhas

Receção ao Caloiro'18: Serenatas Velhas

Na noite de terça-feira, o largo da oliveira acolheu e deu início às festevidades da Receção ao Caloiro da Universidade do Minho. Os estudantes encheram a emblemática praça de capas negras e as Serenatas Velhas começaram pelas 21:30h.

Com palavras de futuro, de amizade e de saudosismo, Nuno Reis, presidente da AAUM e responsável pela atividade, deu o mote para o estudantes aproveitarem o seu primeiro ano ou, por sua vez, os últimos anos na academia minhota.

Após o fado do largo, o grupo de músicos seguiu de charrete para o centro de Guimarães. Na marcha seguiam também vários alunos da academia, bem como demais interessados. Os vocalistas deram então mote a temas de saudade, sentimentais e remetentes de amizade. O percurso seguiu da Biblioteca Municipal Raúl Brandão até dar a volta na Torre das Almadas, sempre sob o olhar atento dos vizinhos com as capas negras estendidas às janelas.

Chegados, novamente, ao largo, a presença estudantil sentia-se com enorme ansiedade. As Serenatas Velhas iniciam os cinco dias da semana da Receção ao Caloiro, que acontece até domingo no Pavilhão Multiusos, em Guimarães.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Relacionados